sexta-feira, 5 de julho de 2013

Noturno - Guillermo Del Toro e Chuck Hogan

(Spoiler)

Eu Indico: Noturno
Autor: Guillermo Del Toro e Chuck Hogan
Editora: Rocco



Sinopse: Nova York , aeroporto JFK. O Boeing 777 da Regis Airlines, vindo de Berlim, aterriza na hora prevista. Subitamente, na pista de pouso, seu motor para. As luzes se apagam. Os canais de comunicação silenciam. A equipe de terra se perde numa espera aflitiva por algum sinal dos passageiros. Considerando a possibilidade de um ataque biológico, o Centro de Controle de Doenças é acionado e o Dr. Eph Goodweather, responsável pelo projeto Canário, responde ao chamado. Ao subir a bordo, seu sangue gela com o que vê. 
Harlem Espanhol, rua 188. Numa loja de penhores, um sobrevivente do Holocausto, Abraham Setrakian, cujos estudos de folclore da Europa Oriental levaram-no para os mais obscuros cantos do mundo, intui que algo grave está prestes a acontecer. Sabe que a hora chegou e que a guerra está apenas começando. Uma pandemia vampírica se espalha por toda a cidade de nova York e irrompe numa batalha sem proporções. Eph se une a Setrakian e a um grupo inusitado de combatentes para neutralizar a ação do vírus e salvar a sua cidade - a mesma que abriga sua mulher e seu filho - antes que seja tarde demais. 


Alguns Pensamentos:
Noturno é um livro sobre vampiros, os de verdade, que matam, bebem sangue e queimam ao sol. Tudo bem que aqui eles são "alérgicos" a prata (que é coisa de lobisomem), mas vamos dar um desconto nessa parte. No livro o vampirismo é tratado como um "vírus" que é transmitido através de vermes que vivem na corrente sanguínea dos strigoi(vampiros). E eles possuem um ferrão que sai da boca quando o maxilar se desloca para poderem se alimentar.
O livro começa contando um "Interlúdio", que seria um capitulo a parte que conta o passado ao leitor e  se repete no decorrer da estória, apresentando nosso primeiro grande personagem Abraham Setrakian, esse começo na verdade parece que é um lenda sendo contada ao leitor. 
Já no presente, um avião pousa em Nova York e fica parado na pista com todos os equipamentos desligados, sem comunicação e quase todos os passageiros aparentemente mortos, somente quatro sobreviventes.
É nesse ponto que somos apresentados ao Dr. Ephraim Goodweather e Nora Martinez, os outros personagem principais dessa narrativa, que são médicos do centro de controle de doenças e são chamados para verificar a existência de alguma contaminação existente dentro do avião. 
O começo é um pouco parado, sem muitos detalhes do que está por acontecer. Ficamos alguns capítulos parados nessa intervenção do avião, surge um caixão misterioso, algumas coisa incomuns nos corpos no necrotério. Só começamos a entender quando nossos personagens principais de encontram e  o Prof. Setrakian começa a explicar o que são esses strigoi e como esse mal veio parar em NY através do Mestre Sardu.
Alguns pontos na narrativa me incomodaram, primeiro essa demora pra estória acontecer; segundo a quantidade de personagem, com os piores nomes possíveis, pro leitor administrar dentro da estória; terceiro o autor fica muito tempo contando o que aconteceu com os quatro sobreviventes, em como é a transformação deles, eles voltando pros seus entes queridos. E são personagens irrelevantes que vão ser mortos pelo Eph e Setrakian ou que nem voltaram a aparecer no decorrer da narrativa.
Nesse primeiro livro é basicamente uma apresentação dos personagens e suas personalidades, e da "raça" dos strigoi. Tem algumas cenas de lutas entre humanos e vampiros, umas tentativas de acabar com o Mestre, sem sucesso. 
O livro obviamente não é pra todo tipo de público, contem algumas cenas fortes de morte, transformação em strigoi, a frieza e crueldade do Mestre também pode vir a chocar. É um livro muito bom, apesar do começo um tanto parado, mas o autor tem uma mitologia muito rica por trás do strigoi que vale a pena conhecer, pra quem é fã de vampiros e livros de terror é um prato cheio, vale a pena principalmente porque melhora e muito nas continuações. Como disse anteriormente esse livro é uma apresentação pra clímax que é A Queda e p/ declínio em Noite Eterna.

Continuação???

A Queda, já li em breve aqui no blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário